Vidro comum x Vidro autolimpante

Cristalis Vidraçaria      sexta-feira, 19 de maio de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Vidro comum x Vidro autolimpante 

Uma das maiores marcas da civilização atual é a alta incidência de edifícios e prédios trabalhados com muitas referências do vidro. Mas você já parou para pensar em como os vidros de um prédio que é completamente revestido do material são limpos?! Neste artigo, te contamos tudo sobre vidros autolimpantes.

Não se esqueça de curtir nossa FanPage para ficar por dentro de todas as dicas e novidades!

Em filmes e afins é comum vermos cenas de limpadores de vidros que ficam a vários metros do chão. Porém no início dos anos 2000 esta profissão parou de ser tão requisitada com o surgimento dos vidros autolimpantes, uma inovação que auxilia na economia de tempo e investimento às empresas. O vidro autolimpante é o mais indicado para parte externas de edificações, por apresentarem remoção completa de sujeiras da superfície do material a partir de dois fatores presentes e comuns em nosso dia a dia: o sol (raios ultravioleta) e a água.

Como funciona?

Na produção do vidro autolimpante, o vidro comum recebe uma película com uma camada de dióxido de titânio (TiO2), não interferindo em nada na sua aparência. Esta película, que torna o vidro autolimpante, pode ser usada tanto no vidro comum (monolítico) como no temperado, laminado, curvo e duplo.

Compartilhe este post em suas redes sociais!

E como acontece a autolimpeza?

Quando os os raios UV incide no vidro, ele reage com a cobertura de dióxido de titânio do vidro autolimpante e elimina totalmente a poeira orgânica, quebrando suas moléculas. A segunda parte do processo acontece quando a chuva ou jato d’água atinge o vidro. Ou seja, ele aproveita a força dos raios UV e da água para combater a sujeira e os resíduos acumulados no exterior do vidro, como marcas de água, poluentes do ar, poeira e resíduos de insetos. Como o vidro autolimpante é um produto que absorve bem a água, ele não forma gotículas, como nos vidros normais, e a água se espalha por igual em toda superfície do vidro autolimpante, levando toda a poeira. Em comparação com os vidros normais, a água seca muito mais rapidamente e não deixa manchas. É importante dizer também o vidro autolimpante trabalha a favor do meio ambiente, pois ajuda a evitar a utilização intensa de detergentes e diminui a frequência de lavagens.

Aplicação

O vidro autolimpante pode ser aplicado em janelas e portas de pátios, jardins, sacadas e instalações suspensas, fachadas envidraçadas, envidraçamentos suspensos e átrios, bem como nos móveis que ficam em áreas externas. Ou seja, ele pode ser utilizado em todos os ambientes que recebam a incidência dos raios UV. A facilidade de manutenção, além de menor agressão ao meio ambiente são algumas das valiosas características do vidro autolimpante. O produto surgiu para revolucionar a aplicação do vidro.

A ação do vidro autolimpante varia de acordo com a quantidade de radiação solar e o tipo de sujeira presente. Estações do ano e a direção do vidro em relação ao sol também interferem nos resultados. Assim como a qualidade das ferragens que forem utilizadas na instalação do vidro autolimpante.

A Cristalis Vidraçaria tem a melhor estrutura para você! Contate-nos e saiba mais!

Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário!

Comentários